Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



Cartas Além – Mar
(Resposta ao amor da minha vida)
 


 
O dia transcorre lento, melancólico,  a demora faz doer a saudade, desestabiliza meu coração, mas o entardecer acena algo novo... Confiante, espero feliz pela surpresa que sempre ressurge nos momentos de quase “descrédito”... De repente escuto notas de uma melodia.  O canto lindo do último pássaro a abrigar-se nas árvores do bosque aqui perto. Entendo que se trata de um aviso, algo já vem vindo... Não demora muito e mais uma de tuas cartas me chega às mãos, dessa vez no primeiro transatlântico que aporta junto com as primeiras horas dessa noite. No papel cuidadosamente “escolhido”, sinto cheiro de maresia mesclada de sal marinho. Tuas palavras exalando sentimentos e emoções diversas, despertam em mim uma incontida vontade de cair em teus braços, embaralhar meus cabelos em teus dedos e, repetidas vezes ser parte esculpida adentrando tuas entranhas e deliciando-me na alquimia desse amor. Amor que difere dos demais, supera "incompreensões", vence preconceitos... amor trancendental.
Esse amor há muito tempo domina meu mundo, apoderou-se de minhas cores e esculpe nuvens, ora suaves, ora carregadas de sensações que nutrem essa paixão avassaladora... onde não ver a hora de ser tão somente, amor, a outra parte real no teu mundo. 

A noite avança e recomenda-me cuidados: a lua está reclusa entre nuvens opacas. O silêncio no bosque é inquietante... Decido me recolher e em meu quarto sonhar todos os sonhos possíveis e inimagináveis...
-apenas com você!


welc.jpg


Isis Dumont

 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 03/10/2013
Alterado em 03/10/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras