Aparecida Ramos -  Prosa e Verso

Apenas palavras que a alma e o coração não calam.

Textos



images?q=tbn:ANd9GcQ8Slyc92so9mUhKcVm3Nle5WmJpTaJltr9MzKl-YRWYFfzuA0x

Talvez nunca


Ainda que me presenteie com as estrelas,
Mesmo que me tragas toda prata da lua,
Sendo teu olhar o que mais me
atrai no universo,
Somos eu e tu, sonhadores à porta da escola da vida,
Desenhando versos de amor e distribuindo-os
Pelo caminho, desde quando a felicidade acenou para nós
E, em um curto espaço de tempo
nos apresentou.
És a ‘real’ essência dos meus versos, 
Mesmo daqueles que...
Talvez nunca irás ler, 
Porque, se existes, não sei dizer.
***************************
**************

http://www.isisdumont.prosaeverso.net/publicacoes.php
 
Aparecida Ramos(Ísis Dumont)
Enviado por Aparecida Ramos(Ísis Dumont) em 05/02/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras